Quinta-feira, 22 de Fevereiro de 2007

On-line com Gil Vicente

Estabelecemos contacto com as entidades do além para agendar uma vídeo-conferência com poeta Gil Vicente. Conseguimos depois de algumas interferências estabelecer o contacto e marcar a entrevista.

 Entrevistador: O nosso convidado é o ilustre poeta Gil Vicente que nasceu no século XV, escreveu várias obras de entre as quais se destaca o “Auto da Barca do Inferno”. Vamos com esta entrevista tentar compreender o porquê das personagens criadas e quais os objectivos que pretendia atingir.

 Entrevistador: Como está Drº Gil Vicente? Espero que me esteja a ouvir e a ver em condições Antes de mais o meu muito obrigado pela sua disponibilidade.
 
Gil Vicente: Olá meu Senhor entrevistador, eu tenho passado muito bem aqui por esta bandas. Não sei muito bem como é que vocês conseguem fazer isto… eu aqui e vocês aí na terra. Só pode ser obra do Diabo! Mas diga lá o que quer.
 
Entrevistador: Pois é, já estamos no século XXI e a tecnologia evoluiu de tal modo que nos permite estabelecer contactos a longas distâncias.
 
Entrevistador: Nesta entrevista, irei fazer-lhe algumas perguntas sobre a sua obra, isto é, farei perguntas sobre alguns capítulos.  
 
Entrevistador: Se me permite, e se o senhor estiver pronto, vamos então começar a nossa entrevista.
 
Gil Vicente: Pode começar então...
 
Entrevistador: A minha primeira pergunta é a seguinte: depois de termos lido a sua obra, achamos correcto dizer que o Fidalgo é uma personagem alegórica. Porquê?
 
Gil Vicente: Porque o Fidalgo não é propriamente um indivíduo, não tem características particularizadoras, antes ele representa toda uma classe social, a Nobreza. Eu retrato, no comportamento do Fidalgo, autoritarismo, as injustiças e as vaidades dos nobres.
 
Entrevistador: Sabemos também que o Fidalgo queria embarcar na barca do Paraíso.Qual foi o motivo apresentado pelo Fidalgo para ser aceite na barca do Paraíso?
 
Gil Vicente: O Fidalgo, para ser aceite na barca do Paraíso, disse ser um “Fidalgo de solar”. Ele é um fidalgo de casa rica e antiga, de família poderosa e ilustre.
 
Entrevistador: E já agora, porque não foi aceite?
 
Gil Vicente: O Anjo não o aceitou devido ao seu comportamento: arrogante, impositivo, injusto.
Tenho como exemplo esta frase que escrevi: “Não se embarca tirania / neste batel divinal”. “Tirania” é a palavra que resume a crítica ao seu comportamento.
 
Entrevistador: Em que a representação do Judeu, no “Auto da Barca do Inferno”, revela a presença de preconceitos da época?
 
Gil Vicente: Os preconceitos que se revelam na representação do Judeu são diversos e  encontram-se seja na consideração do judaísmo como se se tratasse de um crime (o bode que o Judeu carrega simboliza o seu apego à religião judaica), seja na crença que o Judeu teria no poder do dinheiro (“Passai-me por meu dinheiro”, diz ele ao Anjo no verso 561), seja nos ataques do Parvo, que acusa o Judeu de desrespeitar a religião católica, seja finalmente na atitude de rejeição que até o Diabo manifesta diante dele (verso 603).
 
Entrevistador: A minha última pergunta.O Parvo! Toda a gente saber o que é que o Parvo representa, do ponto de vista social?
 
Gil Vicente: Representa o agricultor pobre e oprimido, explorado pelos seus senhores, que eram os donos da terra (os senhores feudais). Em sentido mais amplo, representa os pobres,
desvalidos e ignorantes em geral, vítimas da injustiça e da ambição desmedida das classes dominantes.
 
Entrevistador: Senhor Gil Vicente, muito obrigado por este tempo bem passado. Agradeço muito a sua disponibilidade e esperemos poder-lhe fazer outra entrevista sobre outras das suas obras e encontrá-lo bem disposto como deste vez. Muito obrigado.
 
Gil Vicente: Eu é que agradeço por gostarem tanto desta minha obra. Espero que não seja a única. Muito obrigado.
publicado por a_barca_vicentina às 12:22
link do post | favorito
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.Mais sobre mim

.Pesquisar neste blog

 

.Março 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.Posts Recentes

. Entrevista de Rua

. As 7 maravilhas de Portug...

. A custódia de Belém

. On-line com Gil Vicente

. Olhem para Nós aqui tão.....

. Á procura de ...

. Céu ou Inferno ??

. Na Barca do Inferno

.Arquivos

. Março 2007

. Fevereiro 2007

.tags

. todas as tags

.Links

blogs SAPO

.subscrever feeds